/ Blog

Um fórum de debate dos temas da comunicação, aberto à participação de todos os que atuam no segmento. Entre e deixe o seu recado.

A importância do plano de comunicação na estratégia das empresas

01 setembro 2020

Sua empresa tem um plano de comunicação? Se não tem, está na hora de pensar nisso. Ações isoladas, como um post muito compartilhado em redes sociais ou a entrevista de um executivo a um jornal prestigiado obviamente são gols que devem ser comemorados. Mas o efeito será passageiro, o impacto será menor, se tudo isso não estiver incluído em uma estratégia que tenha meios e objetivos bem definidos.

O que é um plano de comunicação?

Mas o que é um plano de comunicação, afinal? O plano de comunicação é, na verdade, a materialização da política de comunicação de uma empresa. Sua construção deve seguir os objetivos estratégicos definidos pelos departamentos de marketing, comercial, relações externas, relações com os investidores e comunicação corporativa, previamente referendados pela alta gestão da companhia.

A multiplicidade de segmentos e atores envolvidos pode representar um obstáculo para a elaboração do plano de comunicação. É verdade! Mas pode também significar uma grande oportunidade de que o resultado venha a refletir efetivamente as demandas e a filosofia de atuação de cada área da empresa. A busca pelo consenso é fundamental que que todos estejam alinhados no final.

Um plano de comunicação deve ter foco em todos os públicos que a empresa quer e precisa atingir. Colaboradores, clientes, consumidores, fornecedores, acionistas, comunidade, governos etc. A estratégia é uma só, mas as ações, a tática, a linguagem devem ser adequadas a cada um desses stakeholders. Para isso, é amplo o arsenal de práticas de marketing, endomarketing, relações-públicas, assessoria de imprensa, digital e eventos que devem ser consideradas na elaboração do plano.

Fatores de sucesso do plano de comunicação

Há importantes fatores que podem influenciar no sucesso de um plano de comunicação. Um deles é o entendimento pleno dos conceitos e valores que devem alimentar a comunicação corporativa. Reputação, imagem institucional, cultura organizacional, ética comercial, política ambiental e social são elementos que, desde o princípio devem ser considerados e trabalhados. Além, é claro, das demandas comerciais e da busca de resultados.

Mas é preciso, obviamente, ir ainda além disso. Um plano de comunicação deve ter compromisso com a transparência – afinal o objetivo final é falar com o público externo, seja o cliente, os fornecedores ou a comunidade em que a empresa se insere. Em última instância, é pela transparência que se constrói a imagem favorável e se conquista o mercado e o coração do consumidor.

O papel da agência no plano de comunicação

Por fim, a elaboração e a execução do plano de comunicação tão mais ágil e segura será quanto mais a companhia adotar as práticas de comunicação corporativa integrada – a chamada comunicação 360 graus. Ações de relações públicas, marketing, endomarketing, redes sociais e PR digital precisam necessariamente estar integradas e seguindo as diretrizes traçadas. A contratação de uma agência que atue em todos os segmentos, certamente, é algo que pode ajudar sua empresa nessa tarefa, valorizar sua marca e maximizar seus resultados.

Luiz Fernando Gomes

Jornalista, foi repórter e editor no Jornal do Brasil, O Dia, TV Globo, Jornal da Tarde, Lance! e LanceNET! É sócio consultor para novos negócios e gestão de crises na Press.

CONTRIBUA COM O BLOG PRESS

Envie seu texto para [email protected]

Blog Press