/ Blog

Um fórum de debate dos temas da comunicação, aberto à participação de todos os que atuam no segmento. Entre e deixe o seu recado.

Cinco motivos para investir em PR Digital

16 agosto 2018
Em um cenário em expansão, os profissionais de Relações Públicas começam a se destacar. Assim, apontamos 5 pontos-chave que expõem a ligação entre comunicação digital e a profissão de RP.

Após os avanços das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), as pessoas precisaram se adaptar a novos mecanismos de comunicação. Essas mudanças também proporcionaram às organizações um contato mais direto com os seus respectivos públicos e vice-versa.

Segundo pesquisa da Juniper Research, o consumo global de conteúdo digital, chegará a U$$ 202 bilhões neste ano, um aumento de 10% no total de U$$ 184 bilhões de 2017. Há também a pesquisa da Social Media Trends, realizada com 1.730 indivíduos (452 presentes na rede social e 1.278 representantes de organizações) que apontou que 94,4% das empresas participantes estão presentes em alguma rede social e que 62% delas afirmam que o social media possui um papel primordial para o desenvolvimento organizacional.

Nesse sentido, é primordial que as organizações percebam a importância em estar presente no ambiente digital para ampliar suas relações, aumentar a integração e, a partir disso, obter o retorno financeiro.

Nesse novo cenário em expansão, os profissionais de Relações Públicas começam a se destacar. Isso ocorre pelo fato de que é papel desse profissional ampliar e aproximar as relações existentes entre a organização e seu público-alvo. Assim, destacam-se 5 pontos-chave que expõem a próxima relação entre comunicação digital e a profissão de RP:

Informação útil: o relações-públicas realiza a comunicação entre organização/público, e nesse sentido, é importante que o profissional entenda a melhor forma de se comunicar com esses públicos, buscando transmitir informações de forma transparente e ética;

Loop dialógico: possibilitar o questionamento por parte dos seus públicos, a fim de melhorar e qualificar o serviço/produto prestado;

Empatia: é importante que as organizações percebam a importância da compreensão mútua, isto é, cabe às organizações, juntamente com seus profissionais de relações públicas, desenvolverem canais de diálogos oficiais, colocando-se no lugar dos seus consumidores/colaboradores.

Interatividade: as novas plataformas de comunicação digital ampliam as relações organização/público. Atualmente, através desses mecanismos, os públicos se tornaram mais criteriosos, pois a internet criou novos espaços de debates que possibilitaram aos mesmos discutirem e demonstrarem suas opiniões sobre um produto/serviço.

Heterogeneidade dos públicos: como já foi dito anteriormente, o profissional de relações públicas possui a função de aproximar relações e objetivos entre organização/público, e para isso, as relações públicas devem buscar entender as diferenças culturais, sociais e econômicas presentes nos seus mais variados contextos.

Reitera-se que não basta apenas a presença online para se destacar. Hoje, cada vez mais, há a necessidade de buscar uma interação maior de ambas as partes, possibilitando, de fato, o desenvolvimento e crescimento da organização e de seus respectivos públicos.

Para isso, a pesquisa se torna uma ferramenta indispensável para entender esse contexto e os públicos. É preciso destacar que as relações públicas digitais possuem todas as competências necessárias para colaborar com o desenvolvimento das empresas no seu dia a dia, e também para o retorno a médio e longo prazo.

 

CONTRIBUA COM O BLOG PRESS

Envie seu texto para [email protected]

Blog Press