/ Blog

Um fórum de debate dos temas da comunicação, aberto à participação de todos os que atuam no segmento. Entre e deixe o seu recado.

5 estratégias efetivas para praticar a comunicação interna linear

20 outubro 2016

*Por Bárbara Capolete

A Comunicação interna é uma das principais ferramentas de gestão de pessoas. É a partir dela que as empresas conseguem detectar problemas, encontrar soluções para diversos processos e criar ações de Relações Públicas com foco nos colaboradores.

Com uma estratégia bem estruturada, o departamento de comunicação pode evitar os famosos burburinhos, aumentar a produtividade, engajar funcionários e, com isso, transformar o ambiente corporativo em uma atmosfera transparente e agradável.

Por isso, selecionamos cinco estratégias bem sucedidas para aplicar a comunicação interna na sua empresa:

1 – CUIDE DO CLIMA ORGANIZACIONAL

Toda e qualquer ação voltada ao público interno deve condizer com a cultura organizacional de cada empresa. Isso significa que é preciso se preocupar com o clima e com o ambiente onde os colaboradores exercem suas funções. Para tanto, a dica é deixar a atmosfera leve e descontraída com ações de engajamento semanais de valorização do funcionário e reconhecimento de projetos.

Prepare um café da manhã mensal ou até mesmo um happy hour para exaltar grandes feitos de alguma equipe e conquistas da companhia. É sempre bom deixar implícito que o colaborador é parte da empresa. Isso faz com que todos se sintam valorizados e com que a empresa ganhe funcionários motivados e entrosados.

2 – MANTENHA A TRANSPARÊNCIA SOBRE AS DECISÕES

Em tempos de crise muitas empresas estão sofrendo com os efeitos do mercado: cortes, reestruturação e mudanças de orçamento são fatores bastante delicados. Porém, é primordial que os colaboradores estejam por dentro de todas essas situações. Esta é uma das ações mais importantes para manter a comunicação interna linear, objetiva e transparente.

Como estratégia é necessário informar as possíveis mudanças no departamento ou na companhia, ouvir sugestões a respeito, tomar decisões e comunicá-las abertamente. É preciso que os funcionários estejam por dentro das novidades. Este discurso precisa estar sempre alinhado à missão, visão e aos valores da organização.

3 – PRATIQUE A COMUNICAÇÃO HORIZONTAL – DE MÃO DUPLA          

Hierarquias existem para serem seguidas. Isso é fato e realmente algo imutável em algumas organizações. Mas se você é diretor ou gerente de alguma área e não tem um relacionamento interpessoal positivo, transparente e acessível com colaboradores subordinados a você, esta é uma atitude que pode gerar muitos problemas de gestão, produtividade e clima organizacional.

Seja sempre acessível. Ser um profissional respeitoso, líder e compreensivo pode lhe trazer muitos ganhos profissionais e facilidades na hora de lidar com algum problema que possa gerar danos à área. Praticar a comunicação de mão dupla quer dizer ouvir seus colaboradores e se fazer ser ouvido.

4 – RESERVE UM DIA PARA UMA REUNIÃO DE EQUIPE SEMANAL

Muitos colaboradores não se sentem à vontade para expor problemas, projetos e trocar ideias diretas com a equipe no cotidiano. Esta é uma prática que pode ser até pouco possível com o dia-a-dia atarefado de muitas operações. Mas para estreitar este laço e fazer da prática algo agregador à comunicação interna reserve um dia da semana, reúna seus funcionários para um café e fale sobre prospecções do futuro e ações realizadas. Divida conhecimento e planeje workshops. Esta é uma maneira muito efetiva de manter as equipes engajadas e praticar a transparência destacada no tópico 2.

5 – PRÊMIOS E AÇÕES DE INCENTIVO FAZEM A DIFERENÇA

A valorização do colaborador é muito importante para o desenvolvimento e crescimento profissional dele. Para isso, indicamos, por exemplo, a criação de um plano de incentivo, o qual premia o funcionário que mais fechar negócios com um bônus de salário no mês ou uma folga remunerada. Esta ação também tem o objetivo de engajar os colaboradores a venderem mais, trocarem experiências e buscarem novas alternativas de inovação para a área. Além de, é claro, contribuir com o clima interno da organização citado no tópico 1.

Aline Almeida

Aline é jornalista, especializada em Comunicação Organizacional e Relações Públicas pela ECA/USP e em gestão de mídias sociais pelo Centro Universitário Belas Artes. Atuou como assessora de imprensa e social media em Museus e outros equipamentos espaços culturais do Governo do Estado de São Paulo. Também trabalhou com comunicação corporativa. Hoje, é responsável pelo marketing digital na Press a Porter. Aline é inquieta e está sempre atrás de algo novo para seus clientes. Come muito, ama cinema e é doida por sua cachorrinha Aurora.

CONTRIBUA COM O BLOG PRESS

Envie seu texto para [email protected]

Blog Press